(16) 3364-2555 (16) 99304-7665

Notícias

ESCOLIOSE

A coluna vertebral vista de frente deve apresentar um alinhamento reto e alinhado. Na escoliose é encontrado um desvio em curva da coluna vertebral para um dos lados, resultando em formato de “C” ou “S”. A escoliose pode acometer um dos segmentos da coluna (cervical, dorsal ou lombar), ou mais de um deles.

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA ESCOLIOSE?
A escoliose pode ser causada por alterações congênitas na formação das vértebras, distúrbios neuromusculares (paralisia cerebral, espinha bífida), traumas, assimetria no comprimento das pernas, desgastes da coluna, ou mesmo idiopática (sem uma origem esclarecida). 

QUAIS OS SINAIS E SINTOMAS QUE PODEM APARECER NA ESCOLIOSE?
A escoliose pode causar dores de diferentes intensidades, fadiga nas costas, ou mesmo ser assintomática.
Há também sinais físicos que levam a suspeitar da presença de escoliose, tais como assimetria dos ombros (um mais alto ou mais proeminente que o outro), assimetria da parede torácica, assimetria dos quadris (um mais alto ou mais sobressalente que o outro), cintura desigual, inclinação do corpo para um dos lados ou aparente diferença no comprimento das pernas.

COMO SE CONFIRMA O DIAGNÓSTICO DE ESCOLIOSE?
O diagnóstico baseia-se no exame clínico do médico, bem como nos achados dos exames de radiografia da coluna. No caso da realização de radiografias, podem ser estudados os segmentos da coluna ou toda a coluna através da radiografia panorâmica da coluna total. A tomografia computadorizada e ressonância magnética somente são necessárias em casos especiais.

QUAL O TRATAMENTO DA ESCOLIOSE? HÁ MEDIDAS PREVENTIVAS?
O tratamento é variado dependendo da causa da escoliose, da idade do paciente, da extensão, localização e grau da curvatura escoliótica. Geralmente, o tratamento é conservador, incluindo técnicas de fisioterapia como RPG (reeducação postural global), alongamentos, fortalecimento da musculatura, etc. Coletes e palmilhas podem ser úteis dependendo do caso. Medicamentos podem auxiliar no alívio dos sintomas e as cirurgias são recomendadas em situações especiais.
Recomenda-se preventivamente que os cuidados com a coluna inicie-se desde a infância, com estímulo a postura adequada, prática de exercício físico assistida por um profissional, cuidados com a postura ao carregar objetos pesados, escolha correta do tipo de calçado e altura dos saltos, e procura por assistência médica precoce diante de qualquer alteração que sugira a presença de escoliose.

Radiografia panorâmica da coluna total com desvio escoliótico.

Radiografia panorâmica da coluna total sem desvio escoliótico.

Agende seu Exame:

Pré Agendamento On-line

Nossa central de atendimento entrará em contato para maiores informações.